segunda-feira, 21 de julho de 2008

CASA DE MISERICÓRDIA DE CULTURA DE SANTO AMARO

Sobre a Oficina do Sérgio Poeta (leia mais pra baixo), não era de se esperar outra atitude dos ditos Escalões Culturais da SubPrefeitura. Quem São? Não interessa. Basta dizer que são senhores burocráticos onde o muito que leram, foi sobre o Parnasianismo para fazer algum trabalho escolar quando cursavam o ensino médio. Nada de esperar de pessoas que não sabem o que acontece no próprio local de trabalho em relação a arte. Por isso mesmo, também não espero que se detenham para avireguar em alguma roda cultural o que debatem. Ah! Ia esquecendo, se alguém ver um deles pelos corredores (fácil identificar: paletó e cheio de papéis), digam que o último grande poeta (não foi Castro Alves) ainda está vivo (Ferreira Gular).
Ad Rocha